Ligue 914 010 805

array(0) { }
Identificação - Microchip
Voltar
Porque devo colocar o microchip no meu cão?

Todos os anos, milhares de animais desaparecem de suas casas. Ao mínimo descuido – uma porta ou janela entreaberta – o seu animal pode abandonar o lar à procura de novas aventuras (Ex: fêmeas em cio, machos na época de acasalamento, desorientação).
Por outro lado, o roubo é cada vez mais frequente e o destino final é muitas vezes a revenda.

Em inúmeras situações a identificação electrónica tem feito com que os donos encontrem os seus animais.
Assume especial relevância alertar os nossos clientes para este facto, uma vez que acompanhamos de perto o sofrimento dos nossos clientes com a perda dos seus animais de estimação.

O que é a Identificação electrónica?

A identificação electrónica é o único método capaz de fazer uma identificação correcta. É aplicável à maioria das espécies como cães, gatos, aves, répteis e animais exóticos. Esta identificação é feita através da aplicação de um microchip.

O que é e como funciona o microchip?

O microchip é uma pequena cápsula electrónica do tamanho de um grão de arroz que possui um código de barras individual, único e permanente.

É colocado na face lateral esquerda do pescoço e apenas pode ser lido por um leitor de micro-chip.

Os dados do proprietário e do animal ficam armazenados numa base de dados (SIRA e/ou SICAFE). Sempre que um animal portador de microchip é encontrado, através destas duas bases de dados consegue-se entrar em contacto com o proprietário do animal.

Como se aplica o microchip?

O micro-chip é introduzido sob a pele do animal através de uma injecção indolor, na face lateral esquerda do pescoço.

Após a sua aplicação deve confirmar-se com o leitor se este se encontra na posição correcta.

O micro-chip é obrigatório?

O micro-chip é obrigatório para todos os animais nascidos a partir de 1 de Julho de 2008;
Animais perigosos ou potencialmente perigosos (Portaria 421/2004 de 24 de Abril);
Animais usados na caça;
Animais para fins comerciais ou lucrativos;
Animais em estabelecimentos de venda, locais de criação, feiras, concursos, exposições, provas funcionais, publicidade ou similares;
Animais que vão viajar no espaço da U.E. e outros (consoante legislação local).

Quais as vantagens do micro-chip?

A identificação electrónica de animais de companhia assume um papel extremamente importante no controlo de questões sanitárias, jurídicas e humanitárias:

Permite a recuperação mais rápida do animal em caso de perda;
É um comprovativo de propriedade em caso de roubo;
Facilita o trabalho dos criadores evitando confusões de ninhadas;
Controla a utilização e comércio dos pequenos animais;
Permite a contagem estatística do número, espécie e raças de animais em Portugal;
Diminui com especial importância o grave problema que é o abandono dos animais.

O que devo fazer em caso de furto ou perda do meu animal?

Contate os Hospitais Veterinários ou as clínicas veterinárias da zona e forneça a descrição pormenorizada do animal e número do microchip.

Contacte as bases de dados existentes em Portugal:

SICAFE – 21 343 06 61

SIRA – 21 323 97 63

Para qualquer esclarecimento adicional contacte o seu Médico Veterinário.
Notícias

Breed Hospital Veterinário

Abriu o novo Hospital Breed em Amarante.
 


Saber mais

Dia Mundial do Gato

Comemorou-se no passado dia 17 de Fevereiro, o Dia Mundial do Gato, espécie que, cada vez mais, ganha lugar aos cães como animal de companhia. 


Saber mais
Agência Web: